Skip to content

13 DE JUNHO – TRIUNFO 125 ANOS!

junho 13, 2009
” Triunfo terra ditosa, gema por Deus lapidada, da Baixa Verde alterosa estás no topo engastada”.

Parabéns, Triunfo, pelos seus 125 anos de história, de lutas, enfim, de conquistas.
Parabéns ao povo triunfense por poder dizer que vive na cidade mais linda do mundo, que mora num oásis fincado em pleno sertão.
O BTB tem o maior orgulho de ser um blog triunfense e faz votos de que esta maravilha de Deus possa crescer infinitamente, e que seu povo possa redescobrir a cada dia o prazer de ser triunfense.

UM POUCO SOBRE TRIUNFO
Do blog VOCÊ CONHECE TRIUNFO/PE?

Eis que surge no meio da tórrida vegetação do sertão, bem no alto da Borborema, rodeada de serras, sua vegetação sempre verde, um clima agradável o ano inteiro, e um povo hospitaleiro por natureza. O seu relevo e seus recursos naturais, com várias serras, o ponto mais alto do Estado com 1.260 metros, “O Pico do Papagaio”, cachoeiras, poços, e caminhos de pedra, a tornam ideal para a prática de esportes de aventura como Moutain bike, rapel, cavalgada, escaladas, treking, entre outros. Sua história pode ser verificada pela beleza de sua arquitetura, com seu casario antigo e com grandes e importantes edificações, reflexos da influência estrangeira, principalmente alemã, bem como o apogeu econômico vivido em décadas passadas. Triunfo guarda lembranças do Cangaço de Lampião, preservado em um Museu que tem um dos maiores acervos sobre o tema. Dentre as sua tradições se destacam as retretas da Banda Isaias Lima e os Caretas, mascarados que alegram as ruas da cidade durante o carnaval.

HISTÓRICO

Tudo começou no final do século XVII, quando chegou aqui, vindo da Bahia o Capuchinho, Frei Vidal da Penha, para catequizar os índios da região, conhecida como Sítio Baixa Verde.
Em 1803, o Frei Vidal foi substituído pelo Frei Angelo Maurício de Niza que construiu uma capela onde abrigou a imagem de Nossa Senhora das Dores; hoje padroeira da Cidade. Frei Angelo, preocupado com os índios buscou localizar sua posse, requerendo do Governo Geral, meia légua de terra, que foi concedida em Sesmaria, em 08/12/1812, em nome do Principe Regente, D. João VI, dando inicio a Fundação da Vila da Baixa Verde.
A Vila da Baixa Verde pertencia ao município de Flores. Questões comerciais acirravam os ânimos entre a poderosa família de Campos Velhos e os habitantes da Baixa Verde.
Da vitória na contenda sobre os comerciantes de Flores, originou-se o nome TRIUNFO.
Aos 13/06/1884, pela Lei Provisória nº 1.805 foi a vila elevada a categoria de cidade. Dava-se a conquista da Autarquia Municipal.
Centenária, Triunfo abriga casarões coloniais, instituições de nobre passado. Fria porque serrana. Calorosa porque hospitaleira, Triunfo conserva-se altiva através dos séculos. Conhecida como o “OASIS DO SERTÃO” e a “SUIÇA NORDESTINA”, imponente no alto dos seus 1.260 metros, acima do nível do mar, Triunfo parece tocar os céus, com um friozinho gostoso proporciona um clima todo especial.

Fonte: http://meutriunfo.blogspot.com

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: