Skip to content

PITACO CULTURAL: É PROIBIDO DIVERGIR, QUESTIONAR?

maio 20, 2009
Algumas práticas antiquadas, por incrível que pareça, ainda resistem. Coisas do tempo do coronelismo nas cidades interioranas, quando o simples fato de ter uma opinião diferente de quem está no poder já é motivo para intimidação, coação. Esse tipo de ação precisa acabar. É de uma mesquinheza sem tamanho. O que motiva essa minha indignação é o caso do grupo Vozes do Campo, a turma do “forró matuto” da cidade de Tuparetama. O grupo vem fazendo um excelente trabalho, trazendo no seu repertório sucessos de grandes referências da música nordestina. Uma obra que dignifica nossa região do Pajeú. Pois bem, pelo simples fato de não acompanharem politicamente os gestores daquele município, o Vozes do Campo foi excluído da programação junina e segundo notícia do competente radialista Nill Junior de Afogados da Ingazeira, determinaram a retirada do ar do programa de rádio apresentado por um dos integrantes do grupo. O motivo: um elogio feito a organização do São João da cidade de Caruaru que excluiu algumas bandas de forró falsificado da programação daquele município. Eu pergunto: isto é motivo? Já está mais que na hora de se acabar com essa política de perseguição. Pior é que esse tipo de “política” ainda é prática adotada por alguns gestores de municípios sertanejos. Isso tem que acabar. Almejamos que o bom senso prevaleça e que possa existir um avanço no diálogo entre os gestores e o Vozes do Campo.
Termino citando a União dos Estudantes Secundaristas de Tabira: “Democracia pressupõe, antes de tudo, diálogo. Discordar é um direito inquestionável, mas dialogar, antes de determinar, é uma prática elegante, democrática e decente.” Abaixo a notícia publicada no site de Nill Júnior.
FILHO DE SÁVIO TORRES BARRA ARTISTA QUE CRITICOU BANDAS DE “FORRÓ ESCRACHO”

A Tupã FM (Tuparetama) implantou um novo estilo em sua programação. Todo e qualquer locutor que fizer comentários que não sejam de acordo com os interesses pessoais da direção da rádio sai do ar. Foi assim com o programa Vozes do Campo apresentado pelo cantor e compositor Fernando Marques, bastante elogiado pelos ouvintes por preservar em seu repertório programação de boa qualidade, priorizando o forró pé de serra. Fernando elogiou a posição da Prefeitura de Caruaru em banir as bandas de forró estilizado do São João de lá, fato que também foi merecedor de elogios por este blogueiro e por tantos comunicadores que gostam de música de qualidade.
O fato é que em Tuparetama quem faz os contratos das bandas, muitas das quais barradas em Caruaru é Marcílio Torres, filho do prefeito Sávio Torres, que detém importante controle sobre a emissora. Sem respeitar a liberdade de expressão e por ter o seu negócio questionado, determinou a retirada imediata do programa do ar.

FONTE: Site de Nill Júnior

http://www.nilljunior.com.br/
Postado em 19/05/2009
Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. maio 20, 2009 5:14 pm

    Noticias como essas precisam estar ao alcance da população de Tuparetama. Agente se engana muitas vezes achando que a maioria das pessoas gostam dessa programação/música polietilênica, quando na verdade escutam por falta de opções, tenho certeza que muitos ouvintes do vozes do campo, nem sabe ainda porque o programa saiu do ar, se faz necessário que outros canais de "comunicação" possam levar essa informação tal como é. O filho do prefeito pode interferir na programação da rádio de seu Pai, que diga-se de passagem é MUITO provinciana essas atitudes!!! mas ele nao vai poder interferir na programação de outras rádios que tem sua frequencia atingindo o município de Tuparetama, a população precisa questionar esse tipo de prática, a rádio é uma concessão pública e tendo esse caratér tem deveres a cumprir com a população. Essa prática fere nossa constituição, porque derruba a democracia, fere os direitos humanos porque tolhe a liberdade de comunicar. Enfim isso deveria gerar um processo para a prefeitura e a rádio por danos morais. ABAIXO A DITADURA DA COMUNICAÇÃO!!! ABAIXO OS CORONÉIS CIBERNÉTICOS!!

  2. julho 21, 2009 10:45 pm

    Caros amigos do bom triunfo bom!!Deixei passar a tempestade pra depois me expressar,gostaria de agradecer a solidariedade dos amigos que tambén se indgnaram com tal atitude desses que penssam serem os coronéis de outrora.Por essa minha atitude de denunciar esse abuso, hoje a banda VOZES DO CAMPO é perseguida por esse empresário que tenta junto as organizações de festas aqui da região nos deixar fora das programações,sendo uma tentativa em vão,pois os que já assistiram o show desses matutos persebaram que nossa proposta de show é diferente da que ele oferece,e que esse forró de plástico que ele promove é discartável e o nosso tem sustentabilidade,pois ainda é erança de Luiz Gonzaga,Jakson do pandeiro,Zé Marcolino,Zé Dantas,Marinês…A vcs queridos triunfences até dia 27/07 no festival de inverno,a todos um xêro no coração!!!!

  3. julho 22, 2009 1:01 pm

    gente vcs ñ tem idea de como a banda vozes do campo é otimaaaaaaa,amo esse grupo ,parabéns vcs merecem…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: