Skip to content

QUE BOM! ONTEM A NOITE QUEBRARAM MEU TÉDIO!

abril 30, 2009
Queridos amigos, estive afastado das postagens do BTB desde a segunda-feira (27), graças a uma virose que me passou aquela rasteira e me deixou literalmente de cama.
Quero desde já agradecer ao meu irmão
André Vasconcelos que se encarregou de segurar o leme e manter o Blog sempre atualizado.
Agradeço também aos amigos que me telefonaram desejando melhoras, ao Roberto Vasconcelos que sempre tem a sensibilidade de manter-me por dentro do que se passa no mundo dos blogues e tem nos fornecido, sempre que possível,valiosas dicas do que pode ser notícia interessante para nosso “Boom, Triunfo, Boom!”, e aos irmãos músicos: Lourenço Lopes e Luciano Santos que prestaram valiosa assistência a este tocador de Sax Barítono.
Foi um péssimo início de semana: Pegado da Lagáta (Como diria o Vice-presidente da Isaias Lima, André Souza), sem crédito no celular, com apenas uma opção de canal na TV, e a internet… bom, a internet de Triunfo dispensa comentários, parece ser a vapor.
É tanto que quando vamos a alguma Lan house, ao invés de perguntarmos se há computador vago, perguntamos se tem internet. E a coisa fica ainda pior quando está nublado, pois aí ela fica é de ré…
Voltando à minha belíssima história, estava eu aqui em meu doce lar, ardendo em febre, com dores em tudo quanto é junta e refém da fantástica programação televisiva da Plin-plin, e assim passei meus dias. Rádio, eu não suportei nem meia hora. Não tem cristão que suporte a falta de qualidade das músicas que nos submetem a uma violenta lavagem cerebral com sua “lavagem sonora”.
Daí fiquei a refletir sobre o grande argumento dos programadores de Rádio e TV destes Brasis do meu Sertão varonil que dizem que só tocam o que o povo gosta, o que o povo quer. Pergunto, então: Com tanta falta de opção, com tanta coisa ruim que somos obrigados a ouvir todos os dias, quem pode falar em direito de escolha? Quem realmente pode dizer que só assiste e só ouve o que gosta?
Creio que seria correto dizer que ouvimos e assistimos o que nos ditam os mega-empresários de atrativos descartáveis e sem o mínimo de responsabilidade com a formação moral, intelectual, religiosa e cultural da população que se torna amante do osso, por falta de filé.
Imaginem o tamanho do meu tédio, amigos.
Tentei ler (prática que adoro), mas vai tentar ler com um carro na rua da frente ligado no volume máximo espalhando no ar as partículas sonoras de um tal de Forró do Muído e o visinho dos fundos fazendo questão de mostrar para todo o bairro que adquiriu o último Cd do Latino. Não dá pra ser feliz assim, não é?
Quando pensei que tudo ia piorar veio o noticiário da noite.
Sentei em frente à TV e uma matéria chamou minha atenção: Um grupo de Forrozeiros de verdade reunidos em Gravatá para debater formas de coibir o avanço do
forró falsificado no São João Pernambucano.
Foi tão bom ver que nem tudo está perdido, que a exemplo de Caruaru que decidiu barrar as bandas de fuleiragem da sua programação, Gravatá também caminha neste sentido.
A matéria estava repleta de defensores do Bom Forró, porém quero destacar duas falas: A primeira foi a de Santana o Cantador que disse que Forró deve ser pra família e que enquanto houver o brilho da fogueira e o milho assando, haverá o verdadeiro Forró. Nessa hora o meu tédio começou a dar lugar ao gostinho de ver que ainda tem muita gente com coragem para por fim ao desmantelo musical que tomou conta das nossas festas.
Agora, meu tédio foi embora mesmo quando a palavra foi passada ao meu amigo e grande defensor da Nordestinidade, Anselmo Alves, que colocando-se contra a contratação do forró de plástico e defendendo o Forró Tradicional, falou que era um absurdo ver tanto dinheiro público patrocinando bandas que não passam de LIXO.
Concordo contigo, Anselmo!
Depois dessa, até a febre passou.
Anúncios
One Comment leave one →
  1. abril 30, 2009 11:36 pm

    Eita que o maestro voltou com gosto de gás. Tá com a gota. Saúde meu amigo. Vamos ao combate. "Bom filho à casa torna". Bem-vindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: