Skip to content

POESIA LADO "B"

março 14, 2009

A VARA CAPITALISTA

De Bruna Silva

A vara capitalista conspira
contra o sistema
esquerdista não-governamental.
Sistematicamente analisa o sistema
contrariando as idéias;
paradoxo do capital.

A vara capitalista lambusa
suas caras e nádegas
na lama retangular chamada real.
Aproveita a sombra da futilidade
para dissimular suas merdas pronunciadas
e seu orgão, pulsante nau.

A vara capitalista.
Vara comercial.

Digam-nos!
Qual o trajeto dessa nau imunda
que comporta nosso capital?
Qual a cor deste suor inválido
transformado em verde-queimado?

Palha…
Fumaça!

Anúncios
One Comment leave one →
  1. março 17, 2009 1:12 pm

    O blog está de parabéns por abrir espaço para novos talentos locais. Fico muito feliz em ver estes jovens envolvendo-se com a cena poética de Triunfo. Parabéns Bruna!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: