Skip to content

TOQUES DO MAESTRO

outubro 14, 2008

O Release é sem dúvida alguma um dos maiores instrumentos de marketing que, na verdade, funciona como o “currículo” de uma banda.
Tentarei repassar algumas dicas para a elaboração deste material e espero que com isso possa contribuir com os amigos que tem bandas independentes e buscam seu lugar ao sol.
Existem por aí muitas bandas ruins com release idem, bandas boas com release ruim e bandas ruins que capricham na sua descrição.

Muitos produtores encaram o release como um “cartão de visita” para ir atrás do som, assim também os músicos deviam pensar que reagem público e crítica musical.
Afinal, imagine um jornalista que está preparando uma matéria sobre determinada banda e que não encontra na sua pesquisa um release que passe todas as informações-chaves para o enriquecimento da mesma? Como é que uma banda vai sustentar uma crítica rasa sobre ela? É importante começar a pensar diferente, pois antes do som, o que falam da banda é o que chega primeiro a qualquer um. Claro que o crítico em questão deveria ver um show da sua banda, seria o certo, mas nem sempre você pode esperar tamanha boa vontade, se o que estava mais à mão dele não criou esta curiosidade.
Pense: como outra banda poderia chegar ao seu som, identificando afinidades e particularidades para armar aquele show com a sua? Resposta: através da sua bagagem e nela não pode estar dissociado um bom release, uma foto bacana e outros “documentos” que falarão antes da sua música. Não que ela não seja importante, mas considere o mundo de hoje onde a informação chega mais rápido que o piscar dos olhos e também que ter uma banda, formar público exige mais que o trabalho de baixo, bateria, guitarra e vocal.
É assim que é encarado por quem produz os festivais, quem intermedia contrato com selos e gravadoras, quem possivelmente agendaria sua banda pra abrir pra outra de maior sucesso num show: o produtor cultural. Ele não é um cara que vagabundeia, ele pesquisa e procura sempre o melhor, até pra não “queimar” o nome no mercado e ainda para ser conhecido como o descobridor de bons talentos da área… Vai que ele pega o teu release numa dessas procuras dele? Já pensou?? Já era a tua “chance” se o seu release for fraquinho, desinteressante ou mal elaborado. Pense melhor se a sua idéia é ser um artista profissional.
E pro público?? Pra quem quer formar público, o que vai conhecer e/ou pesquisar por sua banda através do release, é o mesmo que vai ao shows; compra cds, camisetas e que até forma fã-clubes. A não ser que queira fazer música pra tocar na sua garagem o resto da vida, considere ter o melhor release e a importância dele. Seguem alguns passos para a elaboração do release maneiro:

1- Faça um cabeçalho bem explicadinho.
2- Diga qual o som que sua banda faz.
3- Cite as influências da sua banda.
4- Qual o diferencial que a sua música traz?
5- O que já falaram da sua banda?
6- Inclua outras informações pertinentes.
7- Preste atenção na redação do release.
8- Mantenha esse release em constante atualização.
Lembre-se que o release deve ter imagem e ser objetivo. Não adianta colocar muitas informações sobre como surgiu o nome da banda, onde ensaia, o que gosta, etc, fazendo do release uma obra autobiográfica de cada integrante. Seja direto e objetivo.
Exemplo:
Formado em…(mês, ano e fundador);
Participou do…(citar o que de mais importante fez ou participou. No máximo 2 itens!);
Atualmente… (nome da turnê, estilo de show, o que a banda quer apresentar);
Foto… (Uma foto do grupo);
Nome e Instrumento…(Ex: Frank Trama – Guitarra);
Contato…(telefone, e-mail e home page).
Esperamos que esses toques sejam úteis.
Boa Sorte e muito som!
Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: